Santuário Terra de Gaia

O presente post pretende sensibilizar ativistas, protetores e simpatizantes da causa em defesa dos direitos e bem estar dos animais, bem como organizações não-governamentais, setor público e iniciativa privada para a necessidade urgente de levantar recursos financeiros, materiais e de mão-de-obra para a conclusão das obras do recinto de grandes felinos do Mantenedouro Santuário Terra de Gaia. Leia a íntegra do projeto nesta postagem.

MANTENEDOURO SANTUÁRIO TERRA DE GAIA
Vila Velha, Espírito Santo | http://www.santuarioterradegaia.com.br

“Compaixão, liberdade e dignidade”

Antonino Falleiros Antonioli | (027) 9989 0874
antoninoantonioli@terra.com.br
Maninho Pacheco | (027) 8131 5599
maninho.pacheco@uol.com.br

Introdução

Criado em outubro de 2009 e reconhecido pela Superintendência do IBAMA/ES, o Santuário Terra de Gaia é um mantenedouro da vida animal doméstica e domesticada, selvagem e silvestres de espécies que não dispõem mais de um lar nem condições de ser reintroduzidas na natureza.

O Santuário Terra de Gaia é uma iniciativa pioneira no estado do Espírito Santo no acolhimento de todos os tipos de espécies vítimas do abandono e negligência de seus donos e de maus tratos, crueldade e violência praticados pelo tráfico de animais, indústria de entretenimento (circos e rodeios), laboratórios das indústrias farmacêutica e cosmética e biotérios de faculdades de ciências biomédicas.

Santuário é um espaço de acolhimento, guarda e proteção da vida animal sem fins lucrativos. Seu objetivo não comporta qualquer tipo de exposição ou exploração de imagem das espécies protegidas, salvo visitações estudantis de caráter educativo.

O que é o Santuário Terra de Gaia

O Santuário Terra de Gaia está situado no local conhecido como Córrego Sete, Atlântico II, zona rural de Vila Velha, e ocupa uma área total de 3 ha (30 mil m²). Atualmente, o Santuário Terra de Gaia conta com 42 cães, 19 gatos, 3 ovinos, 1 avestruz (Struthio camelus) e 2 leoas (Panthera leo).

Área virgem do recinto para grandes felinos do Santuário Terra de Gaia

A história de Malamala e Gaia

Malamala, leoa símbolo do Santuário Terra de Gaia

Malamala e Gaia são duas leoas de uma beleza exuberante, mas que acumulam um histórico de humilhação, brutalidade e sofrimento nas mãos de seus antigos donos.

Ambas serviram à indústria circense e passaram suas vidas em um espaço físico de 5m². Malamala tem cinco anos. Gaia, 16. Malamala teve suas garras arrancadas por seu antigo proprietário, um procedimento tão brutal quanto padrão em circos. Gaia teve suas garras preservadas, mas viveu nos últimos dez anos nos fundos de uma oficina mecânica no município de Jerônimo Monteiro.

Esses animais foram resgatados em outubro (Malamala) do ano passado e fevereiro (Gaia) último, através da operação “Rompendo as Jaulas”, organizada por ativistas e protetores animais e coordenada pelo IBAMA/ES, Batalhão da Polícia Ambiental e sob o conhecimento da Procuradoria de Meio Ambiente do Ministério Público Estadual.

Gaia, no esplendor de sua dignidade

Desde então, Malamala e Gaia vivem no Santuário Terra de Gaia longe dos espetáculos, com assistência veterinária permanente e alimentação de qualidade doada por um frigorífico parceiro do projeto.

A construção do recinto

Recinto para grandes felinos do Santuário Terra de Gaia sendo murado

Hoje, Malamala e Gaia recuperaram o peso, o vigor e o brilho da pelagem, mas, infelizmente, ainda encontram-se em suas jaulas originais. Isso porque, em que pese a ajuda financeira e de doação de diversos empresários, organizações não-governamentais e agentes públicos, ainda não conseguimos levantar os recursos necessários para a finalização do recinto dos grandes felinos, para onde esses animais passarão a viver até o fim de suas vidas.

O recinto sobre o qual me refiro trata-se de um espaço de 500m² com ampla área verde, terra batida e árvores cujo projeto já tem a aprovação do IBAMA/ES. Esse espaço poderá abrigar até mais outros dois grandes felinos vindos de todas as partes do país, procedimento rotineiro entre santuários de vida selvagem.

Necessidades urgentes

Obras de terraplanagem do recinto para grandes felinos do Santuário Terra de Gaia

Para a conclusão do recinto de grandes felinos o Santuário Terra de Gaia carece dos seguintes recursos financeiros, materiais e de mão-de-obra:

1. Financeiros

Dívida de R$ 2,7 mil já contraída com fornecedores de material de construção

2. Materiais

  • Cinco horas de trator para terraplanagem
  • 38 sacos de cimento
  • 15 sacos de barro
  • 1 caçamba areia media
  • 1 caçamba brita n 01
  • 20 barras de ferro 5/16
  • 3 kg de prego 17×27
  • 3 kg arame recozido
  • 58,80 m² de tela losangular fio 10×2″ galvanizado (1,20 x 49)
  • 171,5 m² de tela losangular fio (3,50 x 49)
  • 450 m de arame para esticar fio 10 galvanizado
  • 10 Kg de arame para amarração fio 16 galvanizado
  • 01 Catraca caçula grande
  • 01 Catraca pequena

3. Mão-de-obra (temos um orçamento de R$ 3,2 mil)

  • Colocação das telas ao redor do recinto
  • Fechamento da frente do recinto e das áreas de cambiamento
  • Construção das áreas de cambiamento
  • Colocação dos moirões de eucalipto e construção do coxo para água

Recursos/doações já captados pelo Santuário Terra de Gaia

Grupo de empresários articulados pelo Deputado Estadual Dr. Hércules
R$ 5 mil
Fibra Celulose S/A
Doação de toras tratadas de eucalipto (R$ 3,5 mil)
Frigorífico Zucolloto
Alimentação permanente dos felinos
Ilha Azul Corretora de Seguros
R$ 2 mil
Foca (Maninho Pacheco)
R$ 500,00
Perfil Alumínios Ltda
R$ 3,5 mil
Pinter Material de Construção
Doação de 5 mil blocos de concreto
WSPA
R$ 1 mil

Entidades que apoiam o projeto Santuário Terra de Gaia

Associação Amigo dos Animais do ES
(Amaes)
Associação Brasileira de Veterinários de Animais Selvagens
(Abravas)
Associação Vila-velhense de Proteção Ambiental
(Avidepa )
Batalhão da Polícia Militar Ambiental do Espírito Santo
(BPMA-ES)
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Espírito Santo
(CRMV-ES)
Forum Capixaba em Defesa dos Direitos e do Bem Estar dos Animais
(Foca)
Grupo de Libertação dos Animais do ES
(Gala)
Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis
(Ibama/ES)
Instituto Jacarenema de Pesquisa e Proteção Ambiental
(Injappa)
Instituto Organização e Consciência Ambiental
(Orca)
Sociedade Mundial de Proteção dos Animais
(WSPA)

Outros ‘hóspedes’ permanentes do Santuário Terra de Gaia

Avestruz "Amigão"

Gato "Miau"

Urubu "Cascão"

Bode "Talinha"

Cão "Princesa"

Pavão Azul "Ednardo"

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: